fbpx

7 dicas de como incentivar o Relacionamento Interpessoal no trabalho

02 out 2019

Estimular o relacionamento interpessoal no trabalho é uma iniciativa cheia de benefícios, não só para os profissionais, mas também para os resultados da empresa. Isso porque, com um clima organizacional de colaboração, é mais fácil manter os colaboradores engajados.

Para isso, existem diversas iniciativas bem-vindas, tanto com o apoio da tecnologia — redes sociais e aplicativos de uso corporativos —, como com de boas e velhas práticas de sociabilidade. Neste artigo você verá 7 dicas de como mudar o clima da sua empresa para melhor!

Por que incentivar o relacionamento interpessoal no trabalho?

Quando todos se sentem bem no ambiente de trabalho, passam a exercer suas atividades com mais motivação. Além disso, a integração entre os colaboradores ajuda no sentimento de que todos estão no mesmo barco, ou seja, são parte de algo maior, cujos resultados afetam a todos.

Com isso, se sentem mais propensos a ter simpatia pelos demais e entender que há outro ser humano por trás de cada função, evitando possíveis conflitos profissionais.

E isso é muito benéfico, pois o clima organizacional é um dos principais fatores de satisfação profissional, na frente da remuneração, como mostra o artigo da Revista Psicologia Organizações e Trabalho. Assim, até mesmo o turnover pode ser reduzido.

Quais iniciativas ajudam nesse objetivo?

Mas como a empresa pode incentivar o relacionamento interpessoal no trabalho? A gente separou algumas dicas!

1. Reforçar a importância da empatia

A empatia é fundamental em quaisquer relações interpessoais, desde as familiares até as profissionais. Nesse último caso, porém, o que acontece é que a ideia de competição por mostrar resultados ou conquistar espaço na empresa pode dificultar a compreensão mútua.

Por isso, é uma boa reforçar a importância do comportamento empático: feedbacks e críticas precisam ser feitos com a consciência de que, do outro lado, também existe alguém com emoções, dificuldades, pressão e cobranças.

Além disso, dá para aproveitar o conceito de rapport para melhorar ainda mais o estabelecimento de confiança entre os colegas por meio da comunicação. Entram em jogo o olho no olho, sorrisos receptivos e buscas por conexões. Ter esse tipo de comportamento pode até abrir portas profissionais e favorecer amizades.

2. Estimular as conexões no LinkedIn

As redes sociais já fazem parte da nossa vida. Em se tratando de relacionamento interpessoal no trabalho, nada melhor do que estimular o uso do LinkedIn, que é uma rede voltada especificamente para trocas profissionais.

Uma participação frequente da empresa nesse canal já é interessante para que os colaboradores se sintam motivados a ter perfis ativos e acompanhar as novidades. Ainda, vale a pena fazer palestras mostrando a importância do networking, as oportunidades de crescimento profissional do LinkedIn e a possibilidade de recomendar as competências dos colegas.

3. Favorecer a comunicação com outros setores

Se tem algo que pode atrapalhar um relacionamento harmonioso na empresa, são as famosas panelinhas de setores. É normal que a gente se aproxime mais de quem está ali do lado dia após dia ou que tenha aspectos com os quais nos identificamos mais, como uma função semelhante no trabalho.

No entanto, isso é perigoso, pois pode favorecer a ideia de “nós contra eles”. Para evitar esse padrão e estimular um relacionamento mais global dos colaboradores, a dica é investir pesado na integração. Eventos que unam mais os setores diferentes, happy hours, reuniões intersetoriais presenciais e a troca de mensagens entre os setores também são bem-vindos.

4. Promover treinamentos com essa motivação

A empresa também pode favorecer o relacionamento interpessoal no trabalho a partir de treinamentos com temáticas relacionadas. Por exemplo:

  • inteligência emocional;
  • gestão de conflitos;
  • como dar feedbacks humanizados;
  • ética no ambiente de trabalho;
  • importância do clima organizacional no bem-estar.

No entanto, essas iniciativas devem ser bastante espontâneas, de modo que não pareçam um protocolo engessado, irrelevante e sem conexão com a cultura da empresa. A ideia é ter transparência, ser inovador nos temas e mostrar que a empresa realmente se importa com a qualidade de vida de seus colaboradores.

5. Sugerir o uso de redes sociais internas

A empresa tem um grupo de WhatsApp, uma página do Instagram ou uma rede interna? Então, que tal sugerir que os colaboradores façam um uso ativo dessas redes também? Um dos grandes trunfos da tecnologia é que, no ambiente virtual, pode ser mais fácil se comunicar com os colegas — primeiro porque a timidez é menor e, segundo, pela comodidade.

Se é difícil encontrar um brecha para ir tomar um cafezinho com o colega durante o expediente, as redes conseguem facilitar esse contato. E o melhor é que essa interação feita virtualmente vai, aos poucos, aproximando os colaboradores no ambiente da empresa também.

Para melhorar ainda mais esse efeito, a empresa pode pensar em estratégias para estimular a interação nas redes, como sorteios e enquetes, fóruns de perguntas e respostas para que todos se conheçam, grupos de hobbies comuns a vários colaboradores, entre outras.

6. Recomendar o compartilhamento do trajeto até a empresa e da volta para casa

O deslocamento para o trabalho faz parte da vida de todos os colaboradores, que muitas vezes precisam lidar com trânsito, estacionamentos lotados, transporte público ineficiente e outros problemas de mobilidade urbana. Então, que tal mostrar os benefícios de dividir o carro?

A empresa pode ter ações educativas sobre o papel das viagens compartilhadas em relação à responsabilidade socioambiental de cada um. Além disso, pode mostrar que, com essa solução, o funcionário pode economizar com combustível, ter uma companhia para o trajeto e, quem sabe, fazer novas amizades.

7. Adotar aplicativos de caronas corporativas

No mesmo sentido estão os aplicativos de caronas corporativas, que servem justamente para facilitar o encontro de colegas com trajetos parecidos. A vantagem é que, com os apps, fica mais fácil quebrar aquela primeira resistência — que muitas vezes surge da timidez mesmo — em procurar contatos para compartilhar o carro.

Nesse contexto, o Bynd surge como uma alternativa de caronas corporativas que une a praticidade do aplicativo com uma rede segura, fechada para a sua empresa e outros benefícios para os colaboradores, por exemplo, a possibilidade de ser recompensado com pontos Multiplus a cada carona.

Como você viu, incentivar o relacionamento interpessoal no trabalho não é tão difícil, pois existem muitas possibilidades simples para aproximar os colaboradores. E o resultado não poderia ser melhor: um clima mais positivo na empresa, além de profissionais mais motivados e engajados com suas atividades.

Quer ficar por dentro de outras ideias para melhorar a qualidade de vida? Então, assine nossa newsletter!

Compartilhar nas redes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Procurar

Guia de mobilidade corporativa.

Saiba como aumentar a eficiência e reduzir custos de transporte na sua empresa.

Assine nossa newsletter

Últimos posts

Mês de publicação

Leve o Bynd para a sua empresa ou universidade