fbpx

Mobilidade e sustentabilidade: muito mais que a emissão de CO₂

05 nov 2019

Quando o assunto é meio ambiente e sustentabilidade, é muito importante que todos contribuam para reduzir os impactos negativos. A sociedade moderna está diante de um grande dilema entre consumir mais e poluir menos.

Nos últimos anos, a destruição da camada de ozônio e o aumento gradativo do efeito estufa vêm trazendo à tona a necessidade de mudar o comportamento da sociedade como um todo. É latente a importância de tomar cuidados na rotina para não contribuir ainda mais com a destruição do meio ambiente.

Quer conhecer um pouco melhor sobre o assunto e entender quais ações você pode adotar para contribuir com a redução dos efeitos danosos ao meio ambiente? Confira!

O que é o efeito estufa?

Esse é um fenômeno natural e essencial para a manutenção na vida da terra. O efeito estufa é responsável por manter as temperaturas no planeta e evitar a amplitude térmica, fazendo com que os seres vivos possam viver bem.

De forma simples, podemos entender o efeito estufa como sendo o regulador da temperatura, que evita mudanças climáticas drásticas que levam a catástrofes naturais. No entanto, algumas modificações térmicas estão ocorrendo promovidas pelos gases de efeito estufa na atmosfera.

O ciclo de troca de calor entre a terra e a atmosfera está sendo afetado pelos gases que criam uma barreira e assim impedem que o calor seja devolvido ao espaço. Portanto, essa concentração criada pela falta de propagação vem causando um aumento das temperaturas do planeta.

Como combater os danos causados ao meio ambiente pelo efeito?

Quando o ciclo de calor, no qual uma parte é absorvido pela terra e a outra é devolvida ao espaço, é interrompido pelo efeito estufa, as amplitudes térmicas tendem a aumentar, alterando o equilíbrio energético. E é nesse ponto que precisamos agir!

O importante é reduzir drasticamente a emissão dos gases de efeito estufa, substituindo as energias e o uso de combustível fóssil. Confira algumas dicas de como isso pode ser feito:

  • diminuição do uso de transportes para percorrer pequenos trajetos;
  • adotar o uso da bicicleta como forma de transporte;
  • investir em veículos elétricos, reduzindo o uso de combustíveis fósseis;
  • substituir os produtos para os biodegradáveis;
  • fazer a coleta seletiva do lixo.

O que é a camada de ozônio?

A camada de ozônio, O₃, é uma fina camada formada por um gás que tem a função de proteger o planeta, incluindo os animais, as plantas e os seres humanos, do atingimento com maior intensidade pelos raios ultravioleta emitidos pelo sol.

Essa camada é bastante frágil, por isso, a poluição do ar reduz essa proteção de ozônio, que apesar de nociva aos seres humanos, é a nossa preservação contra os raios emitidos pelo sol. O grande valor dessa camada se dá pelo fato de que os raios ultravioletas são capazes de acabar com as diferentes formas de vida no planeta Terra, ou seja, são altamente destrutivos.

A poluição está reduzindo a espessura dessa camada, gerando efeitos irreversíveis ao planeta, como o aumento do efeito estufa, o conhecido aquecimento do planeta.

Com isso, você deve estar se perguntando: mas como combater essa destruição? Bom, um dos grandes problemas é a emissão de CO₂, o gás carbônico produzido pela queima do carvão e petróleo, ou seja, os combustíveis fósseis.

Entretanto, não é somente o CO₂ o grande vilão: temos também o grupo dos clorofluorcarbonos, mais conhecidos como CFCs — esses gases são utilizados nos aerossóis (desodorante, por exemplo) e nos equipamentos de sistemas de refrigeração (freezer e geladeira, por exemplo).

Esses gases levam oito anos para chegar à camada de ozônio, mas se desintegram e se transformam numa perigosa reação de cloro e ozônio, que impede a proteção do planeta contra os raios ultravioletas. Portanto, esse é mais um inimigo para o ecossistema!

Como combater a diminuição da camada de ozônio?

Existem algumas formas de combater os estragos causados na camada de ozônio e que podem ser incorporados ao seu estilo de vida. Confira!

Economizar energia elétrica

Reduza o consumo de energia elétrica, não só para diminuir as contas no final do mês, mas para ajudar a salvar o meio ambiente. Apesar de ser produzida por uma fonte renovável, a sua matéria-prima tem um tempo necessário para sua renovação. Quanto mais consumimos, mais precisamos produzir e causar estragos para o meio ambiente na busca de aceleração desse processo.

Utilizar carros movidos à álcool

Os combustíveis fósseis como a gasolina e o diesel são poluidores do meio ambiente. Se não for possível adquirir um veículo híbrido ou elétrico, a melhor opção é usar carros movidos a álcool que não são tão poluentes.

Diminuir do consumo de carne

O problema não é a carne, mas o que se faz para alimentar o gado! Áreas florestais são devastadas para se tornarem pastos, e essa redução da vegetação aumenta a poluição e provoca a elevação das temperaturas.

Gerar produtos de forma sustentável

Comece a reduzir o consumo de produtos industrializados e privilegie o uso de materiais recicláveis e naturais. O importante é não colaborar de forma alguma para o desmatamento!

Reciclar o lixo

A coleta seletiva é uma forma de dar o correto destino aos dejetos produzidos em casa. Separar o lixo reciclável e organizar o biodegradável é uma forma de ajudar o meio ambiente e sustentabilidade do planeta.

Adotar o uso da bicicleta como meio de transporte

Os transportes coletivos são grandes fontes de poluição! Enquanto não forem adotadas frotas elétricas, evitar seu uso é a melhor forma. Adotar a bicicleta como meio de transporte é saudável para o corpo e para o meio ambiente!

A conscientização e a atitude são as formas de combater a destruição do meio ambiente. As ações precisam ser tomadas por todos, cabendo ao poder público intensificar e adotar práticas ainda mais eficazes de forma global. Porém, em sua casa, todos os dias, é possível contribuir significativamente para a redução dos danos.

Bom, agora que você sabe como fazer a sua parte para proteger o meio ambiente e sustentabilidade do ecossistema, aproveite a visita e leia o post com “5 dicas práticas de como reduzir a emissão de carbono” e torne-se um expert no assunto!

Compartilhar nas redes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.
Todos os campos abaixo são obrigatórios.

Procurar

Guia de mobilidade corporativa.

Saiba como aumentar a eficiência e reduzir custos de transporte na sua empresa.

Assine nossa newsletter

Últimos posts

Mês de publicação

Leve o Bynd para a sua empresa ou universidade